Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

365 forte

Sem antídoto conhecido.

Sem antídoto conhecido.

09
Abr15

As andorinhas não fazem a primavera no CDS

mariana pessoa

Pode andar aí uma aragem que apregoa que o CDS está a renovar-se para um partido em que as novas gerações são mais tolerantes. Infelizmente, um Adolfo Mesquita Nunes ou um Francisco Mendes da Silva são andorinhas que não chegam para fazer a primavera.

Ontem, o Ministro Pedro Mota Soares, avançou que o Governo iria propôr um novo modelo para os processos de adopção de crianças. Porquê? "Queremos e teremos pois um processo de adoção em que as famílias que iniciam uma candidatura sabem, perfeitamente, todas as etapas por que irão passar".

Pois é, "as famílias". Alguém pode avisar o Ministro Pedro Mota Soares que candidatos individuais também podem ser adoptantes? Ou será que, para variar, esta visão anacrónica, cientificamente não fundamentada, de que uma família é um pai ou uma mãe, vai também mexer na legislação que regulamenta a adopção?

O que vale é que a palhaçada deste Governo tem os dias contados.

07
Ago13

A forja

David Crisóstomo

 

Eu ainda me lembro como era. Grande parte do país tem uma memória com a capacidade do senhor Secretário de Estado do Tesouro, mas eu ainda me lembro de 2006, de 2007, 2008 ou 2009. Ainda me lembro da 'asfixia democrática'. Ainda me lembro do 'temos um governo que quer controlar a comunicação social'. Ainda me lembro da coitadinha da Manela, a da TVI, mártir da causa dos asfixiados, que às Sextas-feiras Santas atacava a besta. Ainda me lembro da outra Manela, a do 'a crise do subprime não passa dum abalozinho', a reclamar que aqui a pátria necessitava urgentemente duma "Politica de Verdade". Ainda me lembro das petições dos escritores amordaçados, dos manifestos indignados com a manipulação governamental, das manifestações pela liberdade de expressão, e de associação, e de pensamento, e do Correio da Manhã. Ainda me lembro do Paulo Rangel aos berros em Bruxelas contra os atentados ao Estado de Direito que se faziam em Lisboa. Ainda me lembro de Miguel Relvas como porta-voz da oposição.

Foram anos disto. Anos deste espectáculo, onde o alegado pior governo do século XXI da democracia da República de sempre era acusado de nos atirar dados manipulados e falseados sobre a sua administração. Que tinha que haver mudança, que isto não era uma sociedade moderna, que não havia transparência alguma, que vivíamos pior que na Serra Leoa. Enfim, que estávamos perante um grandessíssimo lamaçal. Que era necessária 'gente séria'. Era urgente que a 'gente séria' entrasse em acção. Era necessário que a 'gente séria' tomasse as rédeas da nação.

 

 


02
Jul13

Peticionemos

David Crisóstomo

 

"Após as declarações do senhor primeiro-ministro Pedro Passos Coelho no dia 02 de Julho de 2013, um grupo de cidadãos vem por este meio indignar-se contra a ordem de prisão do Dr. Paulo de Sacadura Cabral Portas e o encarceramento dos restantes membros do XIX Governo Constitucional da República Portuguesa filiados no Centro Democrático Social - Partido Popular. 

Não podemos tolerar o envio para as masmorras de ministros e secretários de estado demissionários, enclausurando-os contra a sua vontade num degradante executivo autoritário. Não permitiremos que o Dr. Pedro Passos Coelho coloque no calabouço o respeitável Dr. Paulo Portas, amarando-o à cadeira ministerial rejeitada. Insurgimos-nos igualmente contra o sequestro do Dr. Pedro Mota Soares e da (ainda por cima grávida) Dra. Assunção Cristas. 

Este grupo de cidadãos rejeita o recurso ao rapto e exige a libertação imediata dos reféns centristas. Este caso será reportado às Nações Unidas e às instituições europeias, tendo o eurodeputado Paulo Rangel já sido contactado para denunciar esta desonrante situação lá no Parlamento Europeu. 

Liberdade para o Dr. Paulo Portas! Liberdade para o CDS-PP!"

 

Unamo-nos por esta causa.

 

«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.»
- Ortega y Gasset

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

No twitter

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D