Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

365 forte

Sem antídoto conhecido.

Sem antídoto conhecido.

15
Jun21

Está tudo na net!

CRG

Eu não li o livro Os factos escondidos da História de Portugal – o que os compêndios não nos dizem (Lisboa, Oficina do Livro, 2021) da autoria do José Gomes Ferreira. Nem tenho conhecimentos de história para comentar os "factos" históricos revelados no livro*, para isso sugiro os post de Paulo Jorge de Sousa Pinto e o podcast "Falando de História".

 

No entanto, ouvi as intervenções do JGF nas diversas iniciativas de promoção do livro. Ele resumidamente considera que não se deve confiar nos historiadores, que vivem numa conspiração aliada ao poder político para evitar que o povo português conheça a verdadeira história de Portugal, sendo que esta verdadeira história se encontra na internet ao alcance de um click a qualquer um com bom senso.

 

No fundo, JGF é o homem modelo do efeito Dunning-Kruger, que usa a internet para alimentar o seu viés da confirmação (a tendência de lembrar, interpretar ou pesquisar por informações de maneira a confirmar crenças ou hipóteses iniciais). Este tipo de mecanismo intelectual é bastante comum e pode ser encontrado nos movimentos anti-vacinação, negacionistas das alterações climáticas, negacionistas da covid-19, etc. E os seus efeitos são bastantes perigosos. 

 

Esta situação seria um pouco menos grave, se fosse apenas uma estratégia do autor para vender uns livros. No entanto, as declarações de  JGF sobre a cor do planeta Marte (novamente preconceito contra especialistas, teoria de conspiração, elogios aos amadores, e recurso a páginas da internet) dissipam todas as dúvidas e demonstram que aquele mecanismo se generalizou a todo o seu processo mental. E isso já é preocupante; não só pela posição que ocupa como um dos jornalistas mais importantes no espaço mediático português, mas sobretudo pela capacidade que tem de influenciar a opinião pública — por alguma razão, JFG refere que o livro não é de história, mas de política. 

 

* Sempre se diga, porém, que é no mínimo estranho que um livro que pretende desvendar factos escondidos tenha como principal fonte a internet, mas adiante.

9 comentários

Comentar post

«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.»
- Ortega y Gasset

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

No twitter

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D