Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

365 forte

Sem antídoto conhecido.

Sem antídoto conhecido.

13
Nov12

Religião?

André Fernandes Nobre

Diogo, não acho que seja uma questão de fé.

 

Como se diz nos EUA, é só business as usual.

 

A diferença entre as nossas perspectivas reside, na minha opinião, no facto de considerares que este Governo está empenhado em reformar alguma coisa e em ter sucesso. Eu, confesso, não tenho tanta crença nas boas intenções destas pessoas. O objectivo já é falhar (tão rapidamente quanto possível). E falhar tão estrondosamente que percamos a capacidade de nos opormos àquilo com que não concordamos.

 

É a única forma de explicar que, por exemplo, se prepare um Orçamento de Estado (ver págs. 42 e 46) com pressupostos errados.

 

Se a intenção fosse implementar o Programa de forma a permitir o saneamento das contas públicas, não mandaria a racionalidade que  os cálculos relativos à previsão do défice para 2012 não fossem feitos de forma conservadora?

07
Nov12

A visão do mundo pelos óculos da caridadezinha...

sara marques

Já não é de agora que certas declarações de Isabel Jonet, presidente do Banco Alimentar Contra a Fome, me deixam estupefacta. As de ontem, na Edição da Noite da Sic Notícias, mostram, na minha opinião, uma visão da realidade muito distorcida, que me surpreende vindo de alguém que lida com os mais necessitados há muitos anos.

 

Aqui ficam alguns excertos (mas aconselho a verem o vídeo a partir do minuto 38):

«Vivemos acima das nossas possibilidades porque comíamos bife todos os dias, ou achávamos que podíamos».

«Temos que saber viver com menos»

«Não há miséria em Portugal» (really?!?!?!)

 

 

Acho que, para bem do Banco Alimentar contra a Fome, e sobretudo de todos aqueles que a instituição ajuda, Isabel Jonet devia abster-se de declarações públicas durante uns tempos.

«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.»
- Ortega y Gasset

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

No twitter

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D