Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



04
Jan

Procurador e juiz acusam Sócrates de manipular investigação com entrevistas.

 

Entrámos em território desconhecido, surrealista. Se lermos com atenção a notícia, percebemos que as fontes do DN deverão ser Rosário Teixeira e Carlos Alexandre, o procurador e o juiz que pretendem acusar Sócrates de violação do segredo de justiça. Portanto, os magistrados responsáveis pelo processo terão passado ao DN informações sobre os seus estados de alma e intenções, assim como pormenores da investigação, violando descaradamente o segredo de justiça que supostamente deveriam preservar e defender. Soma-se isto a tudo o que tem acontecido desde o início do processo, desde a detenção no aeroporto com jornalistas atrás à enxurrada de pormenores processuais passados a tablóides, sempre sem contraditório do arguido, acabando no nada dispiciendo detalhe de ainda nem ter sido deduzida acusação, apesar da investigação ter começado há mais de um ano. Isto já não é uma república das bananas, é uma espécie de latrina a céu aberto. Bem dizia a ministra de Justiça (que caladinha que ela anda, não é?): "a impunidade acabou".

Autoria e outros dados (tags, etc)




Sitemeter



Comentários recentes

  • Jaime Santos

    Eu não entendi o comentário do Diogo Moreira nesse...

  • MRocha

    Se está na lei que devem ser públicas, cumpra-se a...

  • Jaime Santos

    Trump, além de mentiroso, é sobretudo um egomaníac...

  • Joe Strummer

    Pois, mas convem não deixar que noutro lado se ins...

  • Anónimo

    E estou eu contratado pelo estado à 16 anos.







«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.» Ortega y Gasset