Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



13
Set

António José Seguro tentou por diversas vezes no segundo debate colar a cuspo Costa à direita e ao Governo. Correu-lhe mal, como é óbvio.

Contudo, e o mais curioso do seu spin cheio de incoerências, é que é ele quem usa as narrativas populistas da direita ao tentar atacar o seu adversário e quem o apoia. São raras as manchetes que o líder em exercício do Partido Socialista faça que não incluam um ataque à imagem e história do seu próprio partido a quem o construiu.

Numas eleições primárias do partido não vale tudo para ganhar votos. O PS nunca teve um líder que denegrisse tanto a sua imagem e fizesse mais oposição para dentro do que para fora como António José Seguro.

O país não pode ter esta vergonha como Primeiro-Ministro.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

De Joe Strummer a 13.09.2014 às 08:14


É um líder incompreendido. Basta atravessar a fronteira para nos apercebermos da sua verdadeira dimensão:

http://www.huffingtonpost.es/2014/09/12/homs-diada_n_5808832.html?utm_hp_ref=spain

Comentar post




Sitemeter



Comentários recentes

  • Jaime Santos

    Eu não entendi o comentário do Diogo Moreira nesse...

  • MRocha

    Se está na lei que devem ser públicas, cumpra-se a...

  • Jaime Santos

    Trump, além de mentiroso, é sobretudo um egomaníac...

  • Joe Strummer

    Pois, mas convem não deixar que noutro lado se ins...

  • Anónimo

    E estou eu contratado pelo estado à 16 anos.







«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.» Ortega y Gasset