Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

365 forte

Sem antídoto conhecido.

Sem antídoto conhecido.

03
Nov13

Mais uma chávena

David Crisóstomo

O ex-presidente da Assembleia da República, o deputado do PSD Mota Amaral assina um artigo publicado ontem no Expresso onde começa por enumerar umas redundâncias e umas teorias da "boa fé" dos almas que nos governam, para depois criticar veemente algumas medidas anunciadas, nomeadamente aquelas que procuram alterar as fundações da Segurança Social. Ora, pois, muito bem, que bom, um deputado do PSD, um ex-presidente do Governo Regional dos Açores, um membro ilustre da direita nacional a dizer umas verdades sobre a fraca racionalidade desta governação do "1640 financeiro". Palminhas para o senhor, pensei eu. Até que me lembrei do que se passou há menos de um ano. E de um [gigante] comentário que deixei na caixa de comentários do Aspirina B a propósito desta mesma crónica e do qual deixo aqui um excerto:

 

 

«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.»
- Ortega y Gasset

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

No twitter

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D