Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



26
Out

Relações Especiais

por Frederico Francisco

António Barreto, no último parágrafo do seu artigo de ontem no DN:

O PS deixou de ser um obstáculo à chegada dos comunistas ao poder. O PCP deixou de considerar o PS como um adversário. O PS não resistiu à campanha de desgaste levada a cabo pelo Bloco. O PS deixou de ter relações especiais com os grupos económicos portugueses e multinacionais. O poder económico e financeiro deixou de acreditar no PS. E o PS, com as mãos a arder, vai virar-se para a política e deixar a economia...

Bem sei que está retirado do contexto, mas convido-vos a ler o resto do artigo para verificarem se ficam, como eu, com a sensação de que António Barreto está a lamentar a quebra das "relações especiais" entre o PS e o poder económico e financeiro e o fim da barreira entre "os comunistas" e o poder.

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

De Jaime Santos a 26.10.2015 às 19:01

Eu sou suficientemente velho para me lembrar de António Barreto defender num programa na então jovem SIC, o 'Terça-à-Noite' de Miguel Sousa Tavares, uma coligação do PS de Guterres com o PCP de Carvalhas, como única forma de a Esquerda chegar ao Poder (isto passou-se no consulado cavaquista). O pobre do Jorge Lacão lá se rabeou a tentar defender que o caminho certo era a procura da Maioria Absoluta, mas naquela época nem AB, nem MST, nem Pacheco Pereira pareciam ter problemas com essa aliança. Agora, mais de vinte anos depois, o PCP e o BE parecem ter sarna. Será porque finalmente estão em condições de tirar o Poder à Direita e de obrigar o PS a quebrar com a aliança do 'Bloco Central dos Interesses'? Se assim for aleluia (mas não estou otimista)! E já agora, espero que obriguem o PS a fazer duas coisas, correr com os boys do PSD-CDS e blindar as admissões à função pública de modo a evitar que sejam os boys do PS a ocupar esses lugares. Está mais do que na altura de nos transformarmos num País desenvolvido em que o aparelho de Estado serve os cidadãos e não os Partidos do Governo...

De J Martins a 26.10.2015 às 19:05

Já tinha lido o artigo, não fiquei com a primeira impressão (o lamento sobre a quebra de relações com o poder económico), mas fiquei com uma muito forte impressão de que o autor teme o tal fim da barreira entre os comunistas e o poder.

Isso surpreendeu-me, não esperava que António Barreto fizesse parte do bando de hipócritas que declaram que os partidos da Esquerda são como os outros, têm os mesmos direitos, etc. e tal. Mas logo a seguir, se os vêem aproximar-se convincentemente (para eles, perigosamente) do poder, aqui d'el-rei que não senhor, "pela sua própria natureza" nunca poderão assumir cargos de governo! O tom do artigo de António Barreto pareceu-me mais ser este. Pareceu-me mais preocupado com a proximidade da Esquerda ao poder do que com a sorte do Partido Socialista.

Do que me resultou algum desencanto: preferia ver António Barreto preocupado com a sobrevivência do PS do que alinhado com um conservadorismo tacanho, reaccionário e retrógrado, com o anti-comunismo primário, com o situacionismo saloio, provinciano, fechado ao mundo... Enfim, biografias: cada qual escolhe como quer a sua...

De Abraham Studebaker a 26.10.2015 às 19:24


Este Barret(e)o é das piores coisas vagamente públicas que atravancam espaços por aí. E demonstra em pleno o que é um emmerdeur ! Coisa que ele toque fica logo a escorrer merda,mas da que pior cheira! ´Falem-me de alguma coisa que ele tenha dito ou feito que não cheire mal como a m..,, . A região do Douro produz coisas excelentes, porém outras são de fugir a sete pés e deixá-las a exalar o que lhe corre nas veias !

De Joe Strummer a 26.10.2015 às 21:21

Para mim e um prazer ver como estes gajos envelheceram tao mal. Venderam-se tanto que ja perderam toda a noçao de individualidade e verticalidade. Ao contrário do que o Pessoa proclamava eles todos são um so e são tao pouco. Todos iguais todos tristes e um so dono.
A chave para traduzir os textos destes tristes e sempre a inversão. Ex: " O PS deixou de ser um obstaculo a chegada dos comunistas ao poder" . Significa q o PC passou a ser um obstáculo para a direita chegar ao poder.etca

O que também e curioso é o afa q os media tem em conhecer o acordo a esquerda quando elogiaram e aplaudiram o facto da coligação não ter apresentado nenhum programa para as eleições e agora q o tem q apresentar na AR não terem feito nenhum esforço para contractar os lideres da paf, entretanto desaparecidos em parte incerta. Ok e sempre constrangedor escrutinar o patrão mas pf não brinquem com o Pipol.

De Joe Strummer a 26.10.2015 às 21:50

Outro dissimulador(ou inteligente socialmente como dizem os coach da moda)e o PPereira. Depois de apoiar a Guerra do Iraque, patrocinar escutas a Belem e toda a espécie de nojo ei-lo transformado num fervoroso opositor do governo. Mas aquilo e so por causa do eho e manter o negocio porque se fosse a Dra Manela (a irma do sosia do Pina, actual sport paineleer e ex-futura PR do país patrocinada pelo PAdao Silva surfer dos media q e irmao de um idiota q e e subdirector do Nexpresso o q equivale a deputado do PSD)
estaria o Pacheco a apoiar toda e qualquer malabarice. Cpntudo o PPereira nao se metamorfoseou como o gajo do Kafka, teve uma abordagem mais próxima dos índios norte-americanos. Primeiro tentou apagar o rastro das suas pegadas com um arbusto e depois mudou as ferraduras do cavalo, fazendo que os caras palidas julguem q esta a ir para um sítio quando vai para o sítio oposto.E e nesta pequenez que e feito o debate publico. Textos grandiosos e eloquentes sem nenhuma acção nem facto q os sustente.No fim a culpa e sempre do arbitro.

De Carlos a 26.10.2015 às 21:52

Boa Noite ;

Não se chorem rapaziada , afinal de contas esse bafiento já tem vários substitutos convertidos ao bolchevismo , Freitas do Amaral , António Capucho , Pacheco Pereira , Manuela Ferreira Leite , e há mais uns por aí.

Comentar post




Sitemeter



Comentários recentes

  • MRocha

    Se está na lei que devem ser públicas, cumpra-se a...

  • Jaime Santos

    Trump, além de mentiroso, é sobretudo um egomaníac...

  • Joe Strummer

    Pois, mas convem não deixar que noutro lado se ins...

  • Anónimo

    E estou eu contratado pelo estado à 16 anos.

  • Daniel Silva

    Sim, a tendencia é sempre a mesma. O aumento salar...







«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.» Ortega y Gasset