Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O artigo 187 da Constituição obriga o Presidente da República a ouvir todos os partidos antes de convidar o mais votado a formar Governo. Ainda nem sequer conhecemos todos os deputados (faltam os resultados da diáspora) e Cavaco já convida o seu primeiro-ministro a formar Governo.
Cavaco tem desprestigiado o cargo que ocupa e a República que o elegeu de todas as maneiras e feitios, mas isto ultrapassa todos os limites, assemelha-se a um golpe de estado formal, até porque a maioria da Assembleia é de esquerda, não é do PSD e do CDS. De vergonha em vergonha, até nada mais restar do que um buraco de podridão no Palácio de Belém. Provavelmente o principal culpado do estado a que chegou o país. A democracia não funciona por convite, mas sim pelo voto, e a esquerda neste momento tem a maioria no parlamento.

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

De Jaime Santos a 06.10.2015 às 22:31

Lamento, mas embora Cavaco esteja a desprezar os aspetos formais da Democracia (e Deus sabe quão importantes eles são), o facto de existir uma Maioria de Esquerda na AR não quer dizer que exista aí uma Maioria de Governo. Se a Esquerda se entendesse em torno de um Programa Comum e apresentasse uma Coligação de Governo a Cavaco Silva, este não teria outra alternativa senão dar posse a um Governo liderado por António Costa. Mas alguém acredita nisso?

De MRosa a 07.10.2015 às 00:00

E porque é que se pediu/exigiu a Passos Coelho que encontrasse um consenso para formar um governo estável, não convidou/pediu/exigiu a António Costa que fizesse/tentasse o mesmo?
Pois é! Este Cavaquinho tem que se lhe diga... Quem não o conhecer que o compre!
Felizmente já falta pouco para nos vermos livres deste personagem!

De Carlos a 11.10.2015 às 11:36

Por uma razão muito simples, não foi o PS que ganhou as eleições.O personagem , como você o apelida , foi eleito duas vezes à primeira,o que nas presidencias quer dizer que obteve mais de 50% dos votos, coisa pouca para os que se acham donos da democracia e da concepção divina que só eles é que representam o eleitorado.

Comentar post




Sitemeter



Comentários recentes

  • Zzzzz

    Qualquer comparação, equiparação, ao nazismo, abso...

  • Sérgio Lavos

    Concordo, devemos respeitar quem é diferente de nó...

  • Bruno

    Muito sinceramente, isto é tudo muito lindo, mas h...

  • alvaro silva

    Só vejo dores de cotovelo e premonições de catástr...

  • J P C

    Se é isso o que o meu comentário lhe faz lembrar, ...







«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.» Ortega y Gasset