Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



26
Jan

O CDS e o preconceito

por João Martins

O CDS-PP questionou esta segunda-feira o Ministério dos Negócios Estrangeiros sobre a posição do Governo e da embaixada em Paris acerca da condecoração do cantor Tony Carreira, assim como do teor de declarações do próprio ministro Augusto Santos Silva.

(...)

"Não considera V.Exa. que as declarações reproduzidas sobre este assunto podem ser entendidas como um juízo pessoal, depreciativo ou preconceituoso em relação à cultura popular portuguesa?", questionam 11 deputados do CDS-PP.

Uma coisa é ter um discurso preconceituoso e discriminatório contra milhares de crianças e as suas famílias. Aí a intolerância é completamente justificada. Mas preconceito contra o Tony Carreira? Contra os fãs do Tony Carreira?? Isso já é uma vergonha que tem de ser combatida com unhas, dentes e questões ao governo sobre o seu posicionamento relativamente ao artista em questão.

Haja pachorra. E vergonha, já agora.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


19 comentários

De Jaime Santos a 27.01.2016 às 00:03

Como o CDS já não é Partido de quase coisa nenhuma (é certamente ainda o Partido dos Marialvas que vão todos à Missa, como um dia disse alguém, o que explica a sua hipocrisia e homofobia), agora que Paulo Portas, se se atrevesse a entrar numa feira, seria corrido de lá a ovos podres, poderá estar a preparar-se para ser o 'Partido das Fãs do Tony Carreira'. Isso deve garantir-lhe umas centenas de milhar de votos. Assunção Cristas pode ir para um concerto de Carreira e fazer de conta que está a fazer um comício... Basta mudar a indumentária de executiva para algo mais pimba...

De Bea a 27.01.2016 às 10:16

Exmº Sr. Jaime
Que eu saiba vivemos em Democracia há mais de 40 anos e gostos não se discutem e as ideias e valores dos outros devem ser respeitados...
Tenha 1 ótimo dia.

De Makiavel a 27.01.2016 às 10:27

Ehehehehehe.
O CDS-PP está neste estado: interpela o governo sobre Tony Carreira.

De Zé a 27.01.2016 às 10:39

Há uns largos milhares que pensam (e agem) como a "Outra Srª " que afirmava: - "Quem não está por mim está contra mim " - . É muito curioso reflectir sobre este pensamento que grassa a olhos vistos e perceber como de democrata não tem rigorosamente nada e, que, numa breve análise não perspectiva nada de bom.

De Bea a 27.01.2016 às 10:45

Exmº Sr. Jaime
Que eu saiba vivemos em Democracia há mais de 40 anos e gostos não se discutem e as ideias e valores dos outros devem ser respeitados...
Tenha 1 ótimo dia.

De Jaime Santos a 27.01.2016 às 12:03

Que eu saiba vivemos em Democracia há 40 anos e a sátira é uma componente essencial da opinião livre, vê-se mesmo que há muita gente que nunca leu Eça de Queirós, que por acaso, era um Conservador, mesmo se anticlerical. Porque se lesse, ficava horrorizada com 'a falta de respeito' que este demonstrava por políticos, pares do reino e padres. Não gostam? Arranjem, se conseguirem (o que não deveria ser difícil), sátira melhor para gozar com Costa, Catarina e Jerónimo, mas que não envolva piadas de carácter racista, sexista ou anti-comunista primário (os primeiros dois tipos são ilegítimos, estas últimas já fedem, com franqueza)... E passem muito bem. P.S. Quanto à atitude do Embaixador, limitou-se a aplicar o protocolo de Estado Português, não se impõe uma condecoração de um Estado Estrangeiro numa representação diplomática portuguesa, ainda mais pelo representante do Estado Português. Se Carreira recebesse a condecoração em Portugal, provavelmente deslocar-se-ia à Embaixada Francesa para a receber, mas não sei como funciona o protocolo em França. Há regras e se de outras vezes não foram seguidas, isso não é razão para as desrespeitar outra vez. Eu pensava que o CDS era o Partido da Ordem e da Pátria...

De Afrikaner a 27.01.2016 às 13:38

Ainda mais PIMBA?!...

De Carlos a 27.01.2016 às 14:10

Por falar em pimbas e sabendo que este assunto é muito menos importante que as questões do CDS sobre o Tony Carreira , parece que a UE devolveu o orçamento de estado à procedência.

De Indivíduo a 28.01.2016 às 10:38

Então parece-lhe errado...

De Carlos Lousa a 29.01.2016 às 13:51

Oh, Carlitos, é o orçamento de estado de Portugal, de modo que se voltar para Portugal fica por aqui muito bem. Mas percebo que para o seu chefe, que por acaso usa a bandeira de Portugal na lapela, faz-se o orçamento e depois os alemães é que decidem se aprovam se não.

De Carlos a 29.01.2016 às 15:04

Isso escrito em grego tem muito mais piada.

De Teodoro a 27.01.2016 às 10:58

O CDS é neste momento um sector de pessoas mimadas, betinhas, que vêem de famílias abastadas e já agora na minha opinião teem normalmente opiniões mesquinhas, sectaristas e nojentas, que só pretendem defender betinhos e aparecer nas noticias.

De Anónimo a 27.01.2016 às 11:28

A questão fundamental é a atitude do embaixador.
Cabe ao embaixador decidir de deixa usar a Embaixada em função dos seus gostos musicais pessoais, ou deve colocar a Embaixada ao serviço de TODOS os portugueses, independentemente das suas preferências?
Eu não gosto, não tenho os discos nem frequento os consertos do Tony Carreira, mas considero vergonho o comportamento do embaixador.

De V. F. a 29.01.2016 às 13:53

Uma condecoração francesa deve ser entregue na embaixada portuguesa? Oh, homem, a asneira, felizmente para si, não paga imposto, se não ficava sem um tostão.

De Anónimo a 29.01.2016 às 14:03

Não tem outro argumento para além do insulto?
Uma condecoração francesa pode ser entregue na Embaixada Portuguesa? Pode. A cantora Mísia já recebeu a mesma condecoração do governo francês e, veja lá, a cerimónia da entrega decorreu na Embaixada de Portugal em França!
Se a sua ignorância pagasse imposto...

De V. F. a 30.01.2016 às 16:54

É como lhe disse antes, ainda bem que a ignorância não paga imposto, porque a sua resposta prova bem que se não ficava sem cheta. Ao contrário do que diz, decerto porque é mais fácil dizer disparates do que pensar dois segundos, a Mísia recebeu a condecoração francesa na embaixada - veja lá a loucura - francesa em Lisboa.

De Anónimo a 30.01.2016 às 18:23

Então o burro sou eu?
Saia lá de baixo da sua ignorância e preconceito e consulte as notícias sobre a condecoração da Misia pelo Ministro da Cultura francês, mas faça o breve esforço de não ficar pelo título, são só umas poucas linhas de texto.

https://www.publico.pt/culturaipsilon/noticia/misia-condecorada-em-franca-com-ordem-das-artes-e-das-letras-1182702

De Anónimo a 27.01.2016 às 12:17

...e a grande preocupação do CDS para portugal é...............TONY CARREIRA

De Afrikaner a 27.01.2016 às 13:37

O CDS-PP, obviamente, não sabe bem o que significa «cultura popular portuguesa»...

Comentar post




Sitemeter



Comentários recentes

  • MRocha

    Se está na lei que devem ser públicas, cumpra-se a...

  • Jaime Santos

    Trump, além de mentiroso, é sobretudo um egomaníac...

  • Joe Strummer

    Pois, mas convem não deixar que noutro lado se ins...

  • Anónimo

    E estou eu contratado pelo estado à 16 anos.

  • Daniel Silva

    Sim, a tendencia é sempre a mesma. O aumento salar...







«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.» Ortega y Gasset