Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



05
Mar

Eu burro, me confesso

por Diogo Moreira

Não consigo perceber nada disto. E pelos vistos, não sou o único. Provavelmente estamos na presença de um génio ciêntífico, ou talvez mesmo da língua portuguesa, mas será sem dúvida um génio incompreendido — porque poucos (ou ninguém) o conseguem compreender — literalmente.

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

De Joao Martins a 05.03.2015 às 14:06

Meu caro, não é o único, de facto.
De há umas intervenções "mithaticas" para cá, vou robustecendo a conclusão que me parece óbvia: os escritos desta criatura são produzidos automaticamente por um programa informático. Indica-se o tom que se pretende e o programa escolhe omvocabulário, os tropos, as expressões da moda, etc., para criar um texto. Só pode.

... Ou então estamos mesmo perante um enorme talento da aldrabice, do cinismo, da hipocrisia: só assim se entende que quem tanto beneficiou do sistema nacional e universal de ensino, que construiu a sua carreira dentro do sistema universitário e usando as regras desse sistema, diga tanto mal dele.

Recordo-me de ter visto "literatura" semelhante, anti-sistema, anti-instituições, produzida em Itália durante a ascensão do fascismo ao poder e especialmente na Alemanha, pelo partido de Hitler na época em que avançava para o poder. Seria curioso fazer um estudo comparativo...

De Joe Strummer a 05.03.2015 às 15:02


Uma pitada de negacionismo e duas de populismo barato. Ideologos do passismo.

De Frango Astaire a 05.03.2015 às 17:14

A caixa de comentários é um desfile de neo-fascistas e amigos do Mário Machado. Assim se percebe qual a finalidade do site do Zé Manel . Rescrever a história e congregar os salazaristas,

De Anónimo a 05.03.2015 às 18:01

Acho que o Mithá desejaria que por força de passarmos fome nos transformássemos em holandeses, ingleses ou alemães(?), abandonando de vez a nossa condição de "Untermenschen".
Sugiro-lhe que largue a bolsa pública que o alimenta e que emigre.

Comentar post




Sitemeter



Comentários recentes

  • Zzzzz

    Qualquer comparação, equiparação, ao nazismo, abso...

  • Sérgio Lavos

    Concordo, devemos respeitar quem é diferente de nó...

  • Bruno

    Muito sinceramente, isto é tudo muito lindo, mas h...

  • alvaro silva

    Só vejo dores de cotovelo e premonições de catástr...

  • J P C

    Se é isso o que o meu comentário lhe faz lembrar, ...







«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.» Ortega y Gasset