Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

365 forte

Sem antídoto conhecido.

Sem antídoto conhecido.

07
Jul15

Estado da Nação

Luis Borrega Toscano

Os 7 Pecados Capitais do Governo


Passos-Portas.jpg

 

A mentira é o Alfa e o ómega, o Zénite e nadir da ação governativa da direita no Governo.

 

Os portugueses sabem como começou, quando Passos e o PSD prometeram, durante a campanha, não subir impostos, nem cortar nas pensões e salários.

 

Sabem também como se desenvolveu, quando durante 4 anos: destruíram mais de 400 mil empregos, aumentaram as desigualdades, atiraram o país para níveis de pobreza de há dez anos, empobreceram o país e regrediram as condições de vida dos portugueses para níveis de 1990!! Aplicaram cortes brutais na Educação, cortaram o dobro na Saúde (sim, o dobro!) do acordado com a Troika e colapsaram a Justiça.
Mentiram quando bradaram aos céus que o Novo Banco não traria 1 cêntimo de custo para os portugueses e que o défice estava controlado (as perdas começam nos 1000 milhões! e o défice pode ir aos 6%). 
Mentem quando se regozijam com quatro intensos anos de reformas estruturais. Incentivos à emigração? É mito urbano, mesmo tendo a taxa de população emigrada mais alta da União Europeia!
desinvestimento no conhecimento e na ciência infelizmente não é mentira.

 

Mas os portugueses já sabem como vai acabar, quando Passos e Portas, não tendo um mínimo de vergonha, vêm agora declarar guerra às desigualdades e até negam que o seu governo tenha atingido os cidadãos mais vulneráveis. E preparam-se para continuar a tratar os portugueses por tolinhos quando em Bruxelas defendem mais cortes e em Lisboa juram o seu oposto, quando tentam dar um ar de elevação para logo a seguir mostrarem do que são feitos. Com mentiras não acautelaram os interesses de todos os portugueses, e com mentiras aumentaram a dívida e querem continuar o PREC da direita (Processo de Raspagem do pote Em Curso). 

 

A mitomania é mesmo a marca de água destes senhores. Só que a água quer-se límpida. E este Governo joga muito sujo.


A expiação essa, pode esperar pelo menos mais quatro anos.

25 comentários

Comentar post

«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.»
- Ortega y Gasset

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

No twitter

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D