Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



17
Fev

O PM hoje, 17.Fev.2014:

 

Pedro Passos Coelho volta a apelar a um "consenso" com o PS:

 

"Estamos a terminar o programa de ajustamento externo, e os termos em que o vamos concluir depende, no essencial, da confiança que os mercados financeiros tiverem na economia portuguesa”, afirmou o primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, acrescentando que esta confiança depende, por sua vez, de um "entendimento alargado" entre os partidos do arco da governação.

 

Pelo segundo dia consecutivo, o Chefe do Governo reitera o seu apelo de consenso e convergência com o Partido Socialista. Ontem, em Castelo Branco, Pedro Passos Coelho, tinha já afirmado que um "entendimento conjunto" com a oposição daria ao exterior um sinal "muitíssimo melhor" do País."

 

O PM a anos luz de uns distantes 2 meses e pico, a 12.Dez.2013:

 

Passos Coelho exclui PS da negociação de um programa cautelar

"Ora, não há nenhuma razão, nessa medida, para que um programa que cabe dentro da execução do mandato do Governo tenha de ter como exigência o apoio do principal partido da oposição”, disse numa entrevista à TVI e TSF.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)




Sitemeter



Comentários recentes

  • Jaime Santos

    Eu não entendi o comentário do Diogo Moreira nesse...

  • MRocha

    Se está na lei que devem ser públicas, cumpra-se a...

  • Jaime Santos

    Trump, além de mentiroso, é sobretudo um egomaníac...

  • Joe Strummer

    Pois, mas convem não deixar que noutro lado se ins...

  • Anónimo

    E estou eu contratado pelo estado à 16 anos.







«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.» Ortega y Gasset