Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Se pode ser complicado dizer o que é classe média, menos arriscado é dizer o que não é classe média. Os 2% dos agregados com maiores rendimentos, e até os 10% dos agregados com maiores com rendimentos dificilmente poderão ser classificados como classe média.

 

agragados por escalão de rendimentos - milhares.j

 A partir da informação disponibilizada pelo João Galamba no Facebook.

agragados por escalão de rendimentos - percentage

 

Quando questionado se as medidas afetariam a classe média, Fernando Rocha Andrade evitou responder salientando ser preciso primeiro definir o que é classe média, algo que pode não ser consensual. 

 

E usou alguma ironia, o que pode não ser eficaz em termos de comunicação. Colocou a hipótese de classe média ser definida de acordo com os rendimento de quem se encontrava na mesa da conferência de imprensa ou quem comenta as notícias nas televisões - claramente situados nos 10% com maiores rendimentos.

 

E aqui chegamos ao que poderia ser um ferramenta interessante para os telespetadores entenderem algumas notícias e ou comentários. A declaração de interesses: este comentador, ao contrário de 90% da população, vai ser afetado pelo novo quadro fiscal.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

De Carlos a 07.02.2016 às 14:36

Parece que o sr. deputado Galamba adaptou os dados à sua conveniência , assim ao jeito do ex-OE.

http://www.pordata.pt/DB/Portugal/Ambiente+de+Consulta/Tabela

De não acredito... a 07.02.2016 às 15:12

O Carlitos ganha à hora ou é pago pela Central PaF.

De Joe Strummer a 07.02.2016 às 19:09

Revoltante.

É claro que os termos em que se dá o debate público, está distorcido. O ponto de observação dos temas lançados a debate é o do stakeholder. Interessado e manipulado. Não admira, a imprensa está nas mãos da direita. O que admira é a aceitação ( já interiorização) do debate nestes termos pela maior parte dos partidos à esquerda. Será medo de perder o acesso? A maior parte dos protestos ou soam a meras diferenças de opinião ou a inócuos cliches cheios de "agressividade".
Já é altura de confrontar os media e quem neles trabalha com os seus próprios interesses e ideologia.

Comentar post




Sitemeter



Comentários recentes

  • Zzzzz

    Qualquer comparação, equiparação, ao nazismo, abso...

  • Sérgio Lavos

    Concordo, devemos respeitar quem é diferente de nó...

  • Bruno

    Muito sinceramente, isto é tudo muito lindo, mas h...

  • alvaro silva

    Só vejo dores de cotovelo e premonições de catástr...

  • J P C

    Se é isso o que o meu comentário lhe faz lembrar, ...







«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.» Ortega y Gasset