Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



 

A reforma da Ministra Paula Teixeira da Cruz transformou a Justiça numa "Omnishambles", recuperando a famosa expressão do "Thick of It", ou seja,  um desastre total.

 

Há duas semanas que os Tribunais estão paralisados: juízes impossibilitados de trabalhar; os advogados, sem poder consultar os processos (o Citius inacessível e o processo físico ainda por localizar), cumprem um pouco às cegas os seus prazos utilizando os meios alternativos como o fax ou a tradicional entrega em mão, mas sem a essencial confiança no sistema; milhares de diligências foram adiadas e sem nova data. 

 

Por cada dia a mais de paralisação o atraso da justiça é exponencial e cujas verdadeiras consequências na pendência são por agora difíceis de prever, certo é que demorará meses ou quem sabe anos até que seja reposta a normalidade.

 

Para quem já fez obras em casa ou mudanças sabe que é natural cometer a "planning fallacy", que consiste na tendência que indivíduos e organizações têm para subestimar o tempo, custo e risco de acções futuras e ao mesmo tempo sobrestimar os benefícios de tais acções. 

 

No caso em apreço a Ministra da Justiça nem sequer se pode desculpar* alegando desconhecimento uma vez que foi avisada pelos responsáveis pelo Citius dos riscos de colapso deste com a radical reorganização do mapa judiciário, que foram posteriormente confirmadas por uma auditoria efectuada pela Inspecção Geral de Finanças.

 

Mesmo assim decidiu avançar e com isso fez coincidir a inoperabilidade do Citius com o fecho de tribunais e redistribuição física de milhões de processos para tribunais em obras ou a funcionar em contentores.

 

Deste modo, Paula Teixeira da Cruz transformou um desastre num "omnishambles". Felizmente a impunidade acabou por isso estou certo que acabará por retirar as necessárias consequências.  

 

* Mesmo assim tentou ao afirmar que tinha herdado uma manta de retalhos informático, o que equivale a dizer que "Herdei uma carripana e fiquei muito surpreendido quando a meio da viagem do Porto a Vladivostok aquilo avariou" 

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

De Joe Strummer a 12.09.2014 às 15:48



Just Ice for all

Life gave her lemons so she made an Iced tea.


O padrão é o mesmo do master franchise pcoelho. Onde se metem fica tudo errático, confuso, mediocre, irreparavel. Pior quando beneficiam de falta de escrutínio e de uma anomia generalizada.

A justiça, por sua vez, encontrou uma diva e acabou como o Peter Doherty (Babyshambles)
http://www.youtube.com/watch?v=qlhr_8iujuA


Comentar post




Sitemeter



Comentários recentes

  • João Rosa

    Este post já tem algum tempo mas desde que se inic...

  • Zzzzz

    Qualquer comparação, equiparação, ao nazismo, abso...

  • Sérgio Lavos

    Concordo, devemos respeitar quem é diferente de nó...

  • Bruno

    Muito sinceramente, isto é tudo muito lindo, mas h...

  • alvaro silva

    Só vejo dores de cotovelo e premonições de catástr...







«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.» Ortega y Gasset