Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Naquilo que deve ser o maior acto de loucura que uma administração fiscal deve ter feito na história de um país democrático, foi hoje noticiado que a Administração Tributária está a notificar contribuintes, que pagaram consumos em restaurantes a pronto, que pelo facto de terem pedido factura, e de terem dado o seu NIF, o Fisco pressupõe que esse consumo foi a crédito, representando assim créditos não liquidados do restaurante sobre esses clientes, e que portanto estão a ser notificados para pagar as dívidas fiscais desses mesmos estabelecimentos.

Mesmo tratando-se de medida claramente ilegal, e proveniente da loucura que grassa na Administração Tributária de Paulo Núncio, nenhuma pessoa se pode arriscar a meter-se em apuros tão grandes com uma instituição tão poderosa, e que claramente está liderada por doidos-varridos.

A partir deste momento, não pedirei nenhuma factura num estabelecimento comercial. Aconselho vivamente todos a fazerem o mesmo. A luta à evasão fiscal, por muito necessária que seja, perde em importância pela necessidade imperiosa de nos protegermos das acções de loucos perigosos, como aqueles que nos governam.

Autoria e outros dados (tags, etc)


18 comentários

De Anónimo a 14.04.2015 às 13:41

E, porventura, porque raio de razão é que nós teríamos de pagar as dívidas de um estabelecimento comercial, mesmo que tivéssemos feito compras a crédito? Porque

Já ninguém pensa dois segundos antes de postar coisas que não entende?

De Anónimo a 14.04.2015 às 14:55

É óbvio que a notícia é treta mas a ideia subjacente faz sentido na medida em que os clientes de todos os devedores ao fisco estão a receber penhoras de dívida...
No fundo, o cliente passa a ser obrigado a pagar a dívida para com o seu fornecedor ao FISCO e não ao fornecedor...a dívida do cliente ao fornecedor é penhorada pelas finanças para abater na dívida do fornecedor.
No meu trabalho já recebemos várias penhoras das finanças e tivemos que liquidar o valor da dívida do fornecedor directamente nas finanças.

Percebe?

De ze nada a 16.04.2015 às 22:12

Quem não conhece a legislação e não percebe o que se passa não devia comentar. A situação é exactamente a que está descrita no post.

De vera a 14.04.2015 às 14:40

este tipo de noticias, é que deviam ser penalizadas, Só doidos !!!
Será que quem colocou tal comentário sabe o que é contabilidade? sabe o que é matéria de Fiscalidade.
A contra informação é tb uma "arma"!
Eu vou continuar a pedir faturas, por mim e por um Portugal justo para todos e não só para alguns.

De Corvo a 14.04.2015 às 17:55

E para ver se lhe sai o carrinho de luxo, pois com os cofres cheios de dívidas há dinheiro para tudo menos para onde ele e preciso

De ze nada a 16.04.2015 às 22:13

Quem não conhece a legislação e não percebe o que se passa não devia comentar. A situação é exactamente a que está descrita no post.

De Floriberto Luz a 12.03.2016 às 09:11

Pede fatura a vontade, mas não digas ser por portugal, porque em inglaterra não vês ninguém a pedir faturas e o país não está em crise por isso.
Só mesmo tontos para usar isso como desculpa.
O país está em dívida de Milhoes de Milhoes! um número com aproximadamente 14 digitos.
É das faturas né?
Peçam todas mas é vistos gold e coisas dessas então. isso é que rende!
Ou então ajudas governamentais para politicos, subsidio atrás de subsidio.
Ou então já sei, vaiam comer e beber depois das assembleias por 4 euras e beber champagne do melhor com camarão e coisinhas boas e acabam com um belo whiskey de 50 anos? desconto do Ano!
Sejam realistas e parem de ser defecientes, portugal está assim não é devido aos Portugueses, é devido aos Senhores, donos de Portugal.

De JR a 14.04.2015 às 19:44

Parece que há muita interessada em não passar faturas...
Incutir medo é apenas uma estratégia para levar o cidadão comum a não pedir fatura.
Uma coisa é certa: Só pagaremos menos impostos se todos pagarem.

De Anónimo a 16.04.2015 às 16:53

Só pagaremos menos impostos se todos pagarem os seus impostos? Bela frase utópica. Nós pagamos e eles desviam e arranjam outras desculpas para pagar mais impostos para sustentar suas vidas luxuosas.

De Anónimo a 15.04.2015 às 11:57

Quem acha que a notícia é falsa não faz a mínima ideia do que diz.

Já há vários anos que qualquer empresa que tenha pago um serviço ou produto a pessoa ou empresa (há quanto tempo não interessa) que agora deve (dívida real ou inventada, não interessa) ao Fisco ou Segurança Social recebe por correio registado obrigação de penhora de eventuais dívidas à pessoa ou empresa devedora.

Cabe à empresa que recebe esta obrigação PROVAR num certo período de tempo junto da AT ou SS que não deve nada a essa tal pessoa ou entidade. Para tal tem que mostrar recibos ou prova de transferência bancária. Se pagou em dinheiro e não recebeu qualquer recibo de quitação, então está fodido, é mesmo a expressão.

O custo da gestão burocrática destas constantes penhoras por parte da AT e Seg Social são enormes para as empresas.

E repito. Se a empresa penhorada não dever nada a ninguém mas não o demonstrar em poucos dias ou não tiver como o provar (ter pago em dinheiro) então, sem qualquer recurso, tem de pagar a dívida da terceira pessoa ou entidade.

As Veras que aqui comentam, e mais uns tantos, não conhecem o país em que vivem. Há algum tempo que isto deixou, em questões tributárias, de ser uma democracia com direitos e garantias.

Quem anda para aí a pedir factura com contribuinte não sabe no buraco que se anda a enfiar. Vão ao site da E-factura e está lá toda a vossa vida. Toda. À mão de quem a quiser consultar. Já cheguei ao cúmulo de ter de dividir compras em várias facturas em estabelecimentos para conseguir factura sem número de contribuinte, tais são as limitações a quem quer preservar a sua privacidade.

A AT também não quer transacções em dinheiro, quer controlar tudo o que se passa. E por isso tenta assustar quem paga em dinheiro, como neste caso.

Fiem-se na virgem e não corram...

De Vera a 16.04.2015 às 20:24

Não peçam factura, peçam recibo. Se tenho que apresentar um recibo para provar que não devo nada.......... Só minhocas na cabeças dos Portugueses!! Temos todos que pagar impostos!! Só assim pagaremos menos. Os Portugueses que não pagaram imposto, fugiram ao pagamento de contribuições, também choram agora que o país foi ao fundo!!! A culpa não é só dos políticos, é de todos, convençam-se disso!! Peçam a porra da factura/recibo!! E deixem de inventar desculpas...de mau pagador!

De Anónimo a 17.04.2015 às 17:09

GOSTAVA DE VER A SUA DECLARAÇÃO DE RENDIMENTOS

De José Campos a 15.04.2015 às 11:59

Lixo electrónico, nem para limpar o cú serve!

De Anónimo a 15.04.2015 às 16:53

Mais uma campanha de desinformação que tem como único objectivo criar receio nos consumidores. É claro que vou continuar a pedir as minhas facturinhas, uma vez que tenho a firme convicção que todos temos que contribuir, e se esta é a maneira.... É que eu desconto 27% sobre cada cêntimo que ganho, sem apelo e sem hipótese de "fugir". Mas cada um sabe de si...

De ze nada a 16.04.2015 às 22:13

Quem não conhece a legislação e não percebe o que se passa não devia comentar. A situação é exactamente a que está descrita no post.

De Aguia Azul a 16.04.2015 às 22:43

É deveras interessante como os que teimam em querer ver o país a afundar, querer ver apenas os Funcionários Públicos (FP) a pagar as crises, tudo fazem em prol de desmotivar o pedir de facturas, sem duvida, só vindo de uma mente completamente alucinada tal "dito" poderia ser verídico, ou ter o mínimo fundamento. Isto foi criado com o único intuito de os estabelecimentos continuarem a ter margens de lucro de 200 ou 300% sobre alguns bens que vendem, vejamos o exemplo de uma garrafa de água de 1,5 litros, que custem em media 0,12/0.16 cêntimos, e nos é vendida por 1,50 euros ou 2 euros, sendo que em lugares turísticos, chega a atingir os 2,5 ou 3 euros.

Pedir factura sempre, não só porque o vendedor pagará o IVA que nos acabou de cobrar, ao estado, mas porque sobre o seu lucro na venda do produto, irá também pagar IRC, e se eu for FP, sei que será menos umas migalhas que me iram "roubar" um destes dias.

Factura sempre, com NIF ou sem NIF, mas factura sempre.

De Anónimo a 17.04.2015 às 17:13

TRETA DE FUNCIONÁRIO PÚBLICO A QUERER GARANTIR O EMPREGO E O CORRESPONDENTE ORDENADO.

E QUE TAL TRABALHAR UM BOCADINHO PARA JUSTIFICAR O ORDENADO QUE INVARIÁVELMENTE LHE CAI NA SUA CONTA BANCÁRIA TODOS OS MESES?

De Anónimo a 19.04.2015 às 20:19

A quem interessa esta operação de não pedirmos fatura? Aos Comerciantes que fogem ao fisco ou aos contribuintes que nunca gastam dinheiro seu em restaurantes? Como posso provar que nunca fui a um restaurante? Ou como provar que o meu automóvel não anda a gasolina mas a água?

Comentar post




Sitemeter



Comentários recentes

  • João Rosa

    Este post já tem algum tempo mas desde que se inic...

  • Zzzzz

    Qualquer comparação, equiparação, ao nazismo, abso...

  • Sérgio Lavos

    Concordo, devemos respeitar quem é diferente de nó...

  • Bruno

    Muito sinceramente, isto é tudo muito lindo, mas h...

  • alvaro silva

    Só vejo dores de cotovelo e premonições de catástr...







«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.» Ortega y Gasset