Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



09
Abr

"Hoje o custo do trabalho para as empresas ainda é muito elevado (...) Essa foi talvez a única importante reforma que não conseguimos completar neste domínio fiscal durante estes quatro anos. Mas será um objetivo seguramente importante para cumprir nos próximos anos"

Passos Coelho

 

Ora, "o custo do trabalho por hora em Portugal reduziu-se em 10 cêntimos no ano passado em comparação com 2013, continuando abaixo da média dos países da Europa."

 

Insuficiente, considera Passos Coelho.

 

Presumo que só ficará satisfeito quando, no palanque, de pin na lapela e com um cartaz sobre a sua cabeça que diga "missão cumprida", afirme, com a sua voz de barítono e postura de estadista: "conseguimos ultrapassar a Bulgária". 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

De Teodoro a 10.04.2015 às 12:59

Será?? ou qualquer dia mudamos de campeonato?? passamos para o asiático para competir com a china, já faltou mais. Considerando ainda que nada funciona teremos ainda o regresso do trabalho infantil. Regredimos quanto? 20 anos? acho pouco!

De Cidadão do Mundo a 10.04.2015 às 14:10

Fiquei espantado com tal comentário...
Agora começo a acreditar que a 'social' democracia morreu... Quando começarmos a trabalhar por uma tijela de arroz e andarmos descalços começaremos a evoluir socialmente.

De Aerdna a 10.04.2015 às 16:09

Ele ficará finalmente com a sensação de missão cumprida, quando nos levantarmos para picar cartão todos os dias a troco de nada, e mesmo assim as empresas não saírem do vermelho porque apesar de terem quem produza, não têm quem compre.

De :P a 11.04.2015 às 10:14

Não é defeito, é feitio. A firme crença na lei do karma, numa ordem natural de origem divina e castigadora. Fé que se instala durante a amamentação e que consiste na certeza de que a pobreza resulta do pecado. Acreditar firmemente que a classe trabalhadora deve incondicional gratidão pela possibilidade de poder trocar trabalho por um QUALQUER salário. Sendo que o natural seria a servidão medieval , o salário representa o auge da evolução humana , e até uma entorse da lei natural, pelo que é chegado o fim da História.

Comentar post




Sitemeter



Comentários recentes

  • João Rosa

    Este post já tem algum tempo mas desde que se inic...

  • Zzzzz

    Qualquer comparação, equiparação, ao nazismo, abso...

  • Sérgio Lavos

    Concordo, devemos respeitar quem é diferente de nó...

  • Bruno

    Muito sinceramente, isto é tudo muito lindo, mas h...

  • alvaro silva

    Só vejo dores de cotovelo e premonições de catástr...







«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.» Ortega y Gasset