Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



03
Jun

Avança pela percepção que todos nós partilhamos quando andamos na rua, no supermercado, nos nossos locais de trabalho de que existe um apelo genuinamente popular para que António Costa avance para a liderança do Partido Socialista e dessa forma seja candidato a Primeiro-Ministro nas próximas eleições legislativas. E que o próprio António Costa sentirá em interpelações quotidianas.

 

Haverá múltiplos indicadores dessa expectativa. Este é só mais um: em menos de 24 horas a entrevista de António Costa colocada no Youtube já tem mais visualizações que a entrevista homóloga de António José Seguro à TVI no sábado e publicada no domingo (faz aproximadamente 48 horas.)

 

Nenhuma pretensão aqui adicional à de um indicador da expectativa gerada pelo António Costa. A expectativa não dá razão (que aliás nenhum acto político dá) nem representatividade que apenas a eleição num acto electivo extraordinário dará. Dá sim mais um elemento a juntar a muitos outros para sustentar a resposta à pergunta porque Costa avança.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)




Sitemeter



Comentários recentes

  • Zzzzz

    Qualquer comparação, equiparação, ao nazismo, abso...

  • Sérgio Lavos

    Concordo, devemos respeitar quem é diferente de nó...

  • Bruno

    Muito sinceramente, isto é tudo muito lindo, mas h...

  • alvaro silva

    Só vejo dores de cotovelo e premonições de catástr...

  • J P C

    Se é isso o que o meu comentário lhe faz lembrar, ...







«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.» Ortega y Gasset