Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



20
Mar

A Democracia é Conflito

por Diogo Moreira
A democracia é conflito, querelas e luta. Entre ideias, pessoas, ideologias e políticas. Querer que não haja "crispação" numa campanha eleitoral, para não pôr em causa o "necessário entendimento" após eleições, é simplesmente negar o fundamento básico da própria democracia. A democracia é o melhor sistema político que conhecemos, porque institucionaliza o conflito político, dando-lhe a possibilidade de ser totalmente realizado, sem que arraste consigo a violência que caracteriza a luta política em contextos não-democráticos. A existência de um caminho único, do consenso inevitável, da ideia que "duas pessoas, de boa fé, com a mesma informação, devem chegar às mesmas conclusões", é a negação da própria democracia. É verdade que existe apenas uma realidade. Mas a realidade que vemos é diferente, de pessoa para pessoa. A democracia permite que decidamos como comunidade, através do confronto entre visões diferentes, qual o caminho que queremos prosseguir. Se não houver confronto, na realidade não decidimos nada.

É triste, e perturbador, que o nosso Presidente da República não compreenda isso.

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

De jose neves a 20.03.2014 às 14:17

A realidade é uma corrente dinâmica e só existe no instante: em cada momento a realidade altera-se.
A realidade é um peso, um fardo, puxado por inúmeras ideias força ou forças de inúmeras direcções que determina uma resultante que vai construindo a realidade e o futuro a cada momento: é o resultado do conflito de ideias e forças em cada instante.
Num período de crise o dever democrático seria soltar o mais possível esse conflito para obter a melhor direcção resultante. Cavaco é demasiado pouco preparado e muito rígido mental obcecado consigo para aceitar outras ideias-força diferentes da sua.
A sua mentalidade de campónio autoritário é: eu sou o presidente, logo quem manda sou eu.
E tudo o que saia fora deste quadro mental obtuso é um rancor que lhe nasce e cresce até ao acto vingativo.

De Joe Strummer a 20.03.2014 às 22:05



A realidade, em termos politicos e (não só), é uma convenção em que os poderes facticos (e não só, pode ser só uma maioria de pessoas) estão de acordo. É uma construção logica e metodologica sem direito ao livre arbitrio. Não existe razão de estado, existem interesses. Logo o estado não pode existir, porque não é supra é infra. Supra realidade é o surrealismo.

“A atitude realista é fruto da mediocridade, do ódio, e da presunção rasteira. É dela que nascem os livros que insultam a inteligência.”

“A mania incurável de reduzir o desconhecido ao conhecido, ao classificável, só serve para entorpecer cérebros.”
(tirado á pressa da Wikipedia) Manifesto Surrealista - André Breton (1924)

De jose neves a 20.03.2014 às 14:25

Adenda,
Apenas lembrar, sobre a realidade que muda a cada instante, o já dizia Heraclito há 2500 anos: "que nada é e tudo flui".

Comentar post




Sitemeter



Comentários recentes

  • João Rosa

    Este post já tem algum tempo mas desde que se inic...

  • Zzzzz

    Qualquer comparação, equiparação, ao nazismo, abso...

  • Sérgio Lavos

    Concordo, devemos respeitar quem é diferente de nó...

  • Bruno

    Muito sinceramente, isto é tudo muito lindo, mas h...

  • alvaro silva

    Só vejo dores de cotovelo e premonições de catástr...







«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.» Ortega y Gasset