Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



26
Mar

"De acordo com o despacho assinado por Pedro Passos Coelho e Vítor Gaspar, o ex-espião “Jorge Manuel Jacob da Silva Carvalho preencheu os pressupostos de aquisição de vínculo definitivo ao Estado”. De acordo com a lei que regula o funcionamento dos serviços de informações e segurança, “o trabalhador tem direito a ser integrado no mapa de pessoal da Secretaria-Geral da Presidência do Conselho de Ministros, em categoria equivalente à que possuir no serviço e no escalão em que se encontrar posicionado”.

 

Este “direito” é conquistado depois de o funcionário “completar seis anos de serviço ininterruptos” no Serviço de Informações Estratégicas de Defesa (SIED) e do Serviço de Informações de Segurança, altura em que “adquire automaticamente vínculo definitivo ao Estado”. Silva Carvalho foi exonerado “a seu pedido” pelo secretário-geral do Serviço de Informações da República Portuguesa (SIRP), Júlio Pereira, a 1 Dezembro de 2010."


 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)




Sitemeter



Comentários recentes

  • Jaime Santos

    Eu não entendi o comentário do Diogo Moreira nesse...

  • MRocha

    Se está na lei que devem ser públicas, cumpra-se a...

  • Jaime Santos

    Trump, além de mentiroso, é sobretudo um egomaníac...

  • Joe Strummer

    Pois, mas convem não deixar que noutro lado se ins...

  • Anónimo

    E estou eu contratado pelo estado à 16 anos.







«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.» Ortega y Gasset