Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"Eu penso que aquilo que eu tenho dito são afirmações absolutamente banais, não vejo porque é que alguém se choca com elas. Eu confesso-lhe que não consigo entender todo este alarido à volta dessa questão.

Gostava também de lhe dizer também que não recebo lições sobre sensibilidade social ou preocupação com os outros. O que tinha a aprender nessa matéria aprendi em casa com a minha família, aprendi na escola e aprendi com a igreja católica.

Como não tive nenhuma intenção de ofender ninguém, pelo contrário a minha intenção foi mostrar respeito. 

Portanto não tenho que pedir desculpa a ninguém."

 

Fernando Ulrich, o sem-cérebro da nação

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


1 comentário

De junger a 06.02.2013 às 00:15

são opiniões
outra opinião é que é vergonhoso que deputados se aproveitem da ida de algém ao parlamento por um motivo para o enxovalharem com notório sentido de aproveitamento politico
vergonhoso e assustador, já que reune toda a esquerda
a esquerda está doente e disfuncional

Comentar post




Sitemeter



Comentários recentes

  • João Rosa

    Este post já tem algum tempo mas desde que se inic...

  • Zzzzz

    Qualquer comparação, equiparação, ao nazismo, abso...

  • Sérgio Lavos

    Concordo, devemos respeitar quem é diferente de nó...

  • Bruno

    Muito sinceramente, isto é tudo muito lindo, mas h...

  • alvaro silva

    Só vejo dores de cotovelo e premonições de catástr...







«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.» Ortega y Gasset