Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



26
Out

Começar

por

Que melhor maneira de começar do que com Sophia?

                                        

 

Nestes últimos tempos

 

Nestes últimos tempos

É certo que a esquerda fez erros

Caiu em desmandos confusões praticou injustiças

 

Mas que diremos da longa tenebrosa e perita

Degradação das coisas que a direita pratica?

 

Que diremos do lixo do seu luxo - de seu

Viscoso gozo da nata da vida - que diremos

De sua feroz ganância e fria possesão?

 

Que diremos de sua sábia e tácita injustiça

Que diremos de seus conluios e negócios

E do utilitário uso dos seus ócios?

 

Que diremos de suas máscaras álibis e pretextos

De suas fintas labirintos e contextos?

 

Nestes últimos tempos é certo que a esquerda muita vez

Desfigurou as linhas do seu rosto

 

Mas que diremos da meticulosa eficaz expedita

Degradação da vida que a direita pratica?

 

Sophia de Mello Breyner Andresen - Julho de 1976

Autoria e outros dados (tags, etc)


editado por André Fernandes Nobre às 17:08




Sitemeter



Comentários recentes

  • Jaime Santos

    Eu não entendi o comentário do Diogo Moreira nesse...

  • MRocha

    Se está na lei que devem ser públicas, cumpra-se a...

  • Jaime Santos

    Trump, além de mentiroso, é sobretudo um egomaníac...

  • Joe Strummer

    Pois, mas convem não deixar que noutro lado se ins...

  • Anónimo

    E estou eu contratado pelo estado à 16 anos.







«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.» Ortega y Gasset