Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



28
Nov

Ensinamento da noite

por Nuno Pires

No rescaldo de uma entrevista de Pedro Passos Coelho à TVI, cuja quantidade e frequência de inverdades e disparates tornou quase impossível o seu registo, não quero deixar desde já de partilhar aqui o grande ensinamento económico da noite, o qual ocorreu logo ao fim de poucos minutos de entrevista.

 

Confrontado com a hecatombe registada na execução orçamental, nomeadamente no que concerne à quebra na receita, Passos Coelho considerou tratar-se de uma "surpresa orçamental" (novo conceito, a introduzir nos livros), recusando tratar-se de um erro nas previsões do Governo, como sugeriu Judite Sousa.

 

Estamos sempre a aprender: quando uma previsão económica é completamente oposta ao que se vem a verificar, não há qualquer erro nas previsões. E se o Governo tiver sido avisado (por várias vezes e por várias vozes) para a mais que expectável quebra nas receitas, ainda assim considera-se surpreendido.

 

Este Governo não erra - apenas é surpreendido, a cada boletim de execução orçamental, com os erros da realidade.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Sitemeter



Comentários recentes

  • Jaime Santos

    Eu não entendi o comentário do Diogo Moreira nesse...

  • MRocha

    Se está na lei que devem ser públicas, cumpra-se a...

  • Jaime Santos

    Trump, além de mentiroso, é sobretudo um egomaníac...

  • Joe Strummer

    Pois, mas convem não deixar que noutro lado se ins...

  • Anónimo

    E estou eu contratado pelo estado à 16 anos.







«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.» Ortega y Gasset