Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



16
Dez

Um fedelho

por David Crisóstomo

  

(Isto é embaraçante. É embaraçante observar cidadãos a não compreenderem as posições governamentais que ocupam, a não entenderem [repetidamente] as consequências de serem nomeados para certos cargos públicos.) 

Bruno Maçães, o excelentíssimo Secretário de Estado dos Assuntos Europeus, conhecido como "o alemão" ali para os lados do Egeu por melhor encarnar o germanismo que a chanceler da Germânia, acha que é um tipo com graça. Aqui vemos como este protótipo do lusitano anti-pieguices, tão elogiado por outras mentes do nobre XIX governo (para-)constitucional, partilha com o povo anglófono (parece que não tuita em português, que isso é língua latina, do sul, ou seja, preguiçosa e mandriona) a entrevista que lhe valeu o estóico cognome. Diz que deu polémica lá em Portugal, na sua terrinha. Aparentemente houve uns saloios duns tugas que não gostaram, que ficaram envergonhados com o desempenho dum representante seu. Nada que o abane, pois claro, até fica entretido com as criticas que lhe são dirigidas na imprensa dum outro país da União Europeia. "Oh no!". Oh yes, this is sucess, terá pensado o prodigioso ex-assessor do primeiro-ministro. E, orgasmo dos orgasmos, o [inserir adjectivo insultuoso ou que reflicta uma característica negativa] ex-primeiro-ministro português foi falar da sua pessoa. E este exemplar da gente séria ficou todo contente, foi Natal na casa dele. Há que partilhar com o mundo que a besta lusa responsável por todos os males do mundo, Mr. Sócras, criticou a sua actuação pública, foi todo ballistic com o tópico. Há que partilhar e re-partilhar, que isto é motivo para ligar à mãe ou ao Moreira de Sá. Agora, eu não sei bem como é que cidadãos de países sem Correio da Manhã & Cª terão reagido a isto, se terão percebido o alcance deste acontecimento. Mas isso não importa, Herr Maçães está de peito inchado, praticou uma boa acção (mandou bugiar os gregos que vinham com as ladainhas do "a austeridade não funciona") e foi devidamente recompensado.

Parece o que nível das mentes governamentais é este. "Ai, nem sabem, o Sócrates disse mal de mim, hihihihi". Não podemos dizer que já não suspeitávamos da decadência intelectual.

  

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

De Anónimo a 16.12.2013 às 14:07

Precisamos de gente matura no governo. Crisóstomo para secretário de Estado das Redes Sociais do Governo Segurista!

Comentar post




Sitemeter



Comentários recentes

  • Zzzzz

    Qualquer comparação, equiparação, ao nazismo, abso...

  • Sérgio Lavos

    Concordo, devemos respeitar quem é diferente de nó...

  • Bruno

    Muito sinceramente, isto é tudo muito lindo, mas h...

  • alvaro silva

    Só vejo dores de cotovelo e premonições de catástr...

  • J P C

    Se é isso o que o meu comentário lhe faz lembrar, ...







«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.» Ortega y Gasset