Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



08
Dez

Cavaco contra a História

por Nuno Oliveira

Uma das coisas que distingue Cavaco é com a sua dissimulação instigar-nos a desmascarar a sua notória falta de coragem política.

 

Quando até já Deus Pinheiro veio assumir que a posição na referida resolução não é motivo de orgulho para o país, Cavaco continuará a assobiar para o lado e pretender que apenas não quis subscrever um incitamento à violência? Para se ver o grau de descaramento, Cavaco convida-nos a acreditar que o incitamento à violência foi subscrito pela generalidade dos países, com a abstenção de duas dezenas de países essencialmente da NATO e os heróicos votos contra dos Estados Unidos e da Grã-Bretanha... e de Portugal.

 

(imagem via Câmara Corporativa)

 

Para quem não se baste com a história da carochinha de Cavaco nada como ler as opiniões qualificadas de Seixas da Costa (via CC) e de João Cravinho. Nestas duas opiniões fica evidente não só que a posição diplomática portuguesa não era de facto fácil, mas também que faltou ao Governo português e a Cavaco em particular a coragem para enfrentar os acontecimentos e quem sabe até, num assomo de arrojo, bater-se por valores. Também por isso, não deixa de ser ilustrativo que Cavaco elogie em Mandela a coragem política que nunca teve. 

 

Face ao carácter que reconhecemos a Cavaco, não surpreende que queira agora refazer a História. Cabe-nos a todos nós não o permitir.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

De Antonio Cunha a 09.12.2013 às 17:13

Caro Sr, ser estupido não doi ???

mas voce ainda não percebeu o que se passou com a merda da votação ? Quer um desenho ?

De Nuno Oliveira a 09.12.2013 às 21:39

Cara senhora, não sei se dói.

E sim, preciso que me faça um desenho. Ora faça lá o favor de nos ilustrar sobre a votação.

Comentar post




Sitemeter



Comentários recentes

  • Zzzzz

    Qualquer comparação, equiparação, ao nazismo, abso...

  • Sérgio Lavos

    Concordo, devemos respeitar quem é diferente de nó...

  • Bruno

    Muito sinceramente, isto é tudo muito lindo, mas h...

  • alvaro silva

    Só vejo dores de cotovelo e premonições de catástr...

  • J P C

    Se é isso o que o meu comentário lhe faz lembrar, ...







«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.» Ortega y Gasset