Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

365 forte

Sem antídoto conhecido.

Sem antídoto conhecido.

04
Dez13

O que me desconforta no texto de Manuel Alegre

Nuno Oliveira

Ao contrário do André tenho dúvidas que o texto de Alegre tenha o Assis como alvo. Se calhar o texto até o tem como pretexto mas parece ir muito além de Francisco Assis.

 

E não obstante concordar com Alegre na ideia de se pretender colocar um anátema sobre certas ideias dentro do partido sob a capa de não terem "responsabilidade" ou "sentido de Estado", tenho algumas dúvidas quanto à forma usada. É que a estratégia de Manuel Alegre parece ser uma inversão típica da afirmação pela negativa. Quando alguém afirma "não estou com isto a querer dizer que o senhor é ignorante" com alta probabilidade é essa mesma a ideia que se pretende transmitir.

 

Primeiro, presumo que por uma questão de estilo ou retórica, Alegre apresenta um quadro maniqueísta quando sabemos que para muitos militantes e simpatizantes aqueles posicionamentos estão longe de ser completamente estanques.

 

Adicionalmente, Alegre parece querer substituir um anátema por outro. Parece pretender alegar ser de facto ele o verdadeiro socialista não o sendo quem defende as teses contrárias. E, apesar de partilhar algumas senão todas as preocupações expressas por Alegre, esta retórica parece-me um mau caminho.

 

Creio que teria sido bem mais útil às posições que Manuel Alegre defende uma fundamentação sólida contra certas ideias que alguns no Partido Socialista defendem ao abrigo da "responsabilidade" e outros termos imponentes. Uma refutação consistente dessas ideias teria sido bem mais útil ao país e ao ideário socialista.

 

3 comentários

Comentar post

«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.»
- Ortega y Gasset

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

No twitter

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D