Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

365 forte

Sem antídoto conhecido.

Sem antídoto conhecido.

28
Nov13

Vamos virar-nos para o mar mas em privado

Pedro Figueiredo
O ar triunfante com que Paulo Portas anunciou que o Governo resolveu a questão dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo, "problema" que dois governos socialistas não conseguiram ultrapassar, é revelador da forma como o vice primeiro-ministro encara as reais soluções que o seu executivo tem para o país.
Foi talvez por esquecimento que a solução prevê o despedimento de 600 pessoas, o que na economia local de Viana do Castelo pode ser um desastre.
O presidente da Câmara já anunciou que fez seguir para a Procuradoria-Geral da República uma participação de eventual gestão danosa de dinheiros públicos, acusando o Governo de "pagar para se livrar de uma empresa. Nem sequer deu ao desbarato".
Os trabalhadores já foram explicar ao ministro que pegue nos 30 milhões que estão previstos para as indemnizações e invista na modernização tecnológica, porque a empresa é rentável. A provar estão os dois asfalteiros para Venezuela e mais duas encomendas dos Açores para barcos de transporte de passageiros.
A Martifer pode ter muito interesse na subconcessão dos ENVC e até já mostrou ter bons planos, mudando-lhe logo o nome para West Sea. Se houver consciência social no apurado faro de gestão comercial do subconcessionário ainda há esperança que o negócio se possa desenvolver noutros moldes. Há negócios que são tão bons, que às vezes tolda a visão do lucro num plano mais abrangente. A Martifer é um grupo sólido que não precisa destas benesses. Goza de boa imagem pública. Duvido que a mantenha se tudo correr como o Governo não só prevê como dá como certo.
A comissão de trabalhadores apela ao primeiro-ministro e ao Presidente da República para intercederem neste negócio. Crentes.

2 comentários

Comentar post

«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.»
- Ortega y Gasset

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

No twitter

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D