Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Um dos argumentos mais insidiosos deste Governo e desta maioria é o que pretende demonstrar a insensibilidade do Governo anterior face aos idosos e à sua condição económica. Sempre que lhe falarem nas pensões mínimas e o PECIV pode acenar com o gráfico abaixo. 

 

Já diversas vezes foi desmontado o episódio das pensões mínimas e do PECIV. Mas todos os momentos são bons para evidenciar quem tem currículo e quem tem cadastro em matéria de combate à pobreza entre idosos. O relatório da OCDE hoje publicado, Pensions at a Glance, deixa isso muito claro. Como fica claro, daqui decorre que o Complemento Solidário para Idosos é um instrumento eficaz na diminuição da pobreza entre idosos. Sim, o mesmo CSI cujo acesso o Governo desavergonhadamente limita.

Contudo, não desdenharia a hipótese de ainda virem com o seu argumento último: viver acima das possibilidades. Quem sabe não vamos ter Nuno Magalhães a dizer sim, reduziram de forma assinalável a pobreza entre idosos mas reduzir a pobreza entre idosos está acima das nossas possibilidades.

Imagem tirada dos destaques da OCDE para Portugal (via Pedro Adão e Silva e via Maria João Pires) com o relatório da OCDE a poder ser encontrado aqui.


Autoria e outros dados (tags, etc)




Sitemeter



Comentários recentes

  • Jaime Santos

    Eu não entendi o comentário do Diogo Moreira nesse...

  • MRocha

    Se está na lei que devem ser públicas, cumpra-se a...

  • Jaime Santos

    Trump, além de mentiroso, é sobretudo um egomaníac...

  • Joe Strummer

    Pois, mas convem não deixar que noutro lado se ins...

  • Anónimo

    E estou eu contratado pelo estado à 16 anos.







«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.» Ortega y Gasset