Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

365 forte

Sem antídoto conhecido.

Sem antídoto conhecido.

14
Nov13

A quem serve então a reforma do IRC?

Nuno Oliveira

Paulo Núncio em entrevista ao Público, na passada segunda-feira, afirmou que não aceitou a proposta do PS, de redução para 12,5% da taxa de IRC aplicável aos primeiros 12.500€ de lucro, porque a reforma do IRC proposta contém um regime simplificado que resultará "numa taxa efectiva que é mais atractiva do que uma redução de taxa para 12,5%."

 

Podíamos estar perante um fraco entendimento por parte do PS da reforma do IRC. Acontece que, pelos vistos, o Governo falhou também em convencer João Machado da CAP (Confederação dos Agricultores de Portugal) que afirmou "As PME vão ser postas a pagar o corte de dois pontos percentuais na taxa de IRC para as grandes empresas". E falhou também em convencer a Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CPP) que afirma serem as PME muito maltratadas com a subida do Pagamento Especial por Conta. E falhou também convencer a a Confederação Portuguesa das Micro, Pequenas e Médias Empresas (CPPME) que afirmou que "a proposta de baixar o IRC de 25% para 23% não atingirá a generalidade das deficitárias MPE, que se verão, por via do aumento do PEC, obrigadas a pagar muito acima dos 23%".


Mas não só. Agora, também o FMI mostra reserva (pp. 14) afirmando poder a reforma do IRC favorecer o sector dos bens não transaccionáveis bem como fazer perigar a receita fiscal.

 

Perante a pergunta A quem serve então a reforma do IRC?, parecem sobrar já poucas respostas.

«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.»
- Ortega y Gasset

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

No twitter

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D