Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




É caso para dizer que da última vez que foi visto envergava um anoraque de incapacidade política e um par de incorrecções factuais.

 

O Paulo Gorjão passa-lhe aqui uma declaração de nulidade política. Eu vou mais longe. Em nada conseguindo discordar da nulidade política de Rui Machete, parece-me contudo que a situação será mais grave. Tudo parece indiciar haver da parte de Rui Machete, de Passos ou do Governo na sua totalidade a percepção de que o Ministro dos Negócios Estrangeiros está diminuído e por isso evita o espaço público - e talvez não só o espaço público.

 

Se se confirmar que assim é, uma só questão fica por responder: porque tarda a demissão de Rui Machete? Para quem tantas vezes gosta de afirmar publicamente defender o superior interesse nacional, que espera o senhor Presidente da República para obrigar o Governo a ter um Ministro dos Negócios Estrangeiros? Talvez não nos lembremos - ou melhor, talvez eles não se lembrem - mas já em tempos se revelou útil a existência de um responsável na pasta das relações exteriores.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Sitemeter



Comentários recentes

  • Zzzzz

    Qualquer comparação, equiparação, ao nazismo, abso...

  • Sérgio Lavos

    Concordo, devemos respeitar quem é diferente de nó...

  • Bruno

    Muito sinceramente, isto é tudo muito lindo, mas h...

  • alvaro silva

    Só vejo dores de cotovelo e premonições de catástr...

  • J P C

    Se é isso o que o meu comentário lhe faz lembrar, ...







«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.» Ortega y Gasset