Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



18
Out

Raciocínios.

por André Fernandes Nobre
Não deixa de ser curioso que quem invoque a necessidade de observarmos regras constantes do Tratado da União Europeia com tanta força seja tão lesto a mandar as Constituições nacionais às urtigas.


Se as normas podem ser um empecilho e, por isso mesmo, afastadas para permitir a salvação dos cidadãos, mandemos o Tratado da União Europeia às malvas e liguemos as impressoras em Frankfurt!

Autoria e outros dados (tags, etc)




Sitemeter



Comentários recentes

  • Zzzzz

    Qualquer comparação, equiparação, ao nazismo, abso...

  • Sérgio Lavos

    Concordo, devemos respeitar quem é diferente de nó...

  • Bruno

    Muito sinceramente, isto é tudo muito lindo, mas h...

  • alvaro silva

    Só vejo dores de cotovelo e premonições de catástr...

  • J P C

    Se é isso o que o meu comentário lhe faz lembrar, ...







«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.» Ortega y Gasset