Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



08
Nov

Critérios jornalísticos

por Pedro Figueiredo

A presidente do Conselho das Finanças Públicas, Teodora Cardoso, foi hoje ouvida na Assembleia da República numa audição conjunta das Comissões Parlamentares de Economia e Obras Públicas, Segurança Social e do Trabalho e de Orçamento e Finanças.

 

As suas declarações foram alvo dos mais variados trabalhos jornalísticos, dos quais destaco dois, diferentes desde logo pelo título.

 

Público: "Temos de proseguir o caminho da austeridade"

 

Agência Financeira: "Já atingimos limite de impostos"

 

Podem parecer contraditórias as declaração, mas olhando atentamente ambas as peças, vê-se que não são. Em causa está, apenas e só, o critério jornalístico.

 

Como nota de rodapé, que comentário fará Vítor Gaspar ao que Teodora Cardoso disse? É que o Conselho das Finanças Públicas é um órgão independente que, curiosamente, foi criado por insistência do PSD para fiscalizar as contas públicas.

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

De silva a 14.09.2014 às 13:46

A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol III
No caso da farsa do despedimento coletivo do Casino Estoril,passam já quatro anos sem fim à vista por atraso da justiça a maior parte das pessoas estão na miséria e vão inevitavelmente por falta de ordem económica entrar em pobreza profunda este é o maior espectáculo de drama deste Casino Estoril.

http://revelaraverdadesemcensura.blogspot.pt/

Comentar post




Sitemeter



Comentários recentes

  • Zzzzz

    Qualquer comparação, equiparação, ao nazismo, abso...

  • Sérgio Lavos

    Concordo, devemos respeitar quem é diferente de nó...

  • Bruno

    Muito sinceramente, isto é tudo muito lindo, mas h...

  • alvaro silva

    Só vejo dores de cotovelo e premonições de catástr...

  • J P C

    Se é isso o que o meu comentário lhe faz lembrar, ...







«As circunstâncias são o dilema sempre novo, ante o qual temos de nos decidir. Mas quem decide é o nosso carácter.» Ortega y Gasset